Horário de Missa: Domingos, às 18h30.

Endereço: Rua Venerável, nº 770, Av. Central.

HISTÓRICO DA CAPELA CRISTO REI – AVENIDA CENTRAL

Os registros assinalam o dia 25 de outubro de 1978 como o marco inicial da Capela Cristo Rei do Bairro Avenida Central. O objetivo e desejo da comunidade era ter um local de encontro para orações comunitárias, nesta data, um grupo de moradores se reuniu na casa do Senhor Adelino Catuci para definir a construção de uma capela no Bairro Avenida Central. No encontro, foi constituída uma comissão organizadora com o intuito de dar início ao empreendimento. Fizeram parte deste grupo: Marçal dos Santos, Hélio Novelo e Vitorino Bolfe(coordenadores da obra); Natália Leobet e Neusa Catuci(tesoureiras); Neusa Catuci(secretária); Cecília Catuci, Diná Parmegiani, Armelinda Manéa e Erica Teres da Luz(contatos), além do responsável pelo projeto, Flávio Koetz. As missas e outras celebrações eram realizadas em casa de família e posteriormente no barracão do Camping do Sr Severino Basei. Com o crescimento e desenvolvimento do Bairro, surgiu a necessidade de um local maior e apropriado para as celebrações e eventos da comunidade. A ideia inicial era de erguer uma igreja ecumênica, para uso também da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, por isso, nas primeiras reuniões participaram o cônego Isidoro Bruxel(grande incentivador do projeto), o padre Luiz Manéa e o pastor Albino Trein. Os nomes sugeridos foram Igreja da Ressurreição, Igreja do Pai Nosso e Igreja Cristã. Porém no decorrer das reuniões, ficou definido uma igreja não mais ecumênica e sim somente católica. O terreno foi doado por Severino Basei. Em 1984, em reunião da comunidade, foi escolhido e confirmado o nome de “Capela Cristo Rei” e aí, finalmente iniciaram-se os trabalhos de construção da capela. Neste ano também foi realizada a primeira festa em honra a Cristo Rei, padroeiro da comunidade, missa pela manhã, almoço com galeto, maionese, massa, saladas diversas e salada de frutas; à tarde, tenda organizada para venda de produtos diversificados, ofertas da comunidade. Nas primeiras festas, o galeto era assado na frente da igreja, onde era improvisada a churrasqueira, algum tempo depois entre 1994 e 1995 foi construído o pavilhão nos fundos da capela e a festa foi acontecendo neste local. A comunidade Cristo Rei foi a pioneira na organização da festa com serviço de alimentação “encomende e leve”, mobilizando a comunidade para venda dos cartões do tradicional galeto com maionese e saladas, evento realizado até os dias de hoje, sempre envolvendo a comunidade. Entre os anos de 1988 e 1989 foi construída a Capela Cristo Rei. Em 1996 foi feito a escritura do terreno e passado para o nome da MITRA. Em uma reunião comunitária realizada em 06/07/1996, onde a pauta era sobre encaminhamento da documentação para escritura e registro na MITRA, O Bispo da época, Dom Osvino José Both, esteve em visita pastoral na capela participando da reunião dando orientações sobre o assunto. A assinatura dele consta na Ata desta data. Ao longo destes anos, muitas pessoas marcaram presença na vida social e espiritual da capela que honra anualmente a Cristo Rei no último domingo do ano litúrgico. A Capela Cristo Rei tem missas dominicais às 18h e 30min, catequese, festa do padroeiro, chá dos vovôs e projetos sociais em parceria com a Escola Presidente Vargas e Associação de Moradores. Em 2018 a Capela Cristo Rei comemorará 40 anos de fundação.